Blog | LeV Compliance

Compliance na área da saúde: o que tem de diferente em relação a outros mercados?

Resumo da redação   

O compliance na área da saúde é um conjunto de medidas que visam a dar conformidade a empresas que atuam […]


Compliance na área da saúde: o que tem de diferente em relação a outros mercados?

05/03/21

O compliance na área da saúde é um conjunto de medidas que visam a dar conformidade a empresas que atuam nesse segmento, como clínicas, laboratórios ou hospitais, por exemplo, construindo uma série de condutas internas que devem ser seguidas.

Apesar dos pilares do compliance serem os mesmos, ele nunca será igual para todos os segmentos, muito menos para todas as empresas.

Existem diversas variáveis, como as normas a que uma empresa está sujeita, os riscos que foram identificados, se a atuação é nacional ou internacional, se participa de licitações, entre tantos outros fatores particulares de um negócio.

O compliance na área da saúde não poderia ser diferente, e existem pontos importantes que você precisa saber, se quiser que o seu negócio esteja em conformidade e em direção ao sucesso.

Existem legislações específicas para ficar atento

Além das leis comuns, como trabalhista e cível, por exemplo, o compliance na área da saúde é um guarda-chuva que envolve uma série de legislações específicas.

Se você entrar agora no site do Conselho Nacional de Saúde e clicar na aba “legislações” vai entender do que estou falando.

Não só isso, também é preciso conhecer se existe alguma lei específica no seu Estado para fornecer à Administração Pública ou, ainda, se há restrições do seu conselho de classe para fazer marketing, por exemplo.

Tudo isso deve ser analisado em compliance na área da saúde, para que o seu negócio esteja sempre em conformidade.

O tratamento de dados é sensível – entenda isso

E por falar em leis, a Lei Geral de Proteção de Dados, que entrou em vigor em setembro de 2020, vem mudando o cenário de muitas empresas em todos os segmentos.

Porém, as clínicas estéticas e médicas têm uma responsabilidade de adequação ainda maior, já que tratam dados de saúde, genéticos e biométricos, que são considerados dados sensíveis e, por isso, devem ter tratamento especial.

Infringir a lei de proteção de dados pode trazer consequências seríssimas para o seu negócio, e um compliance na área da saúde pode te ajudar a evitar isso.

Tem a ver com pessoas, não com valores econômicos apenas

A palavra-chave do compliance é a prevenção. Basicamente, o que se busca é levantar todas ameaças ao negócio e escalonar medidas interventivas.

Assim, os prejuízos são menores e, claro, os lucros maiores.

No entanto, a busca pelo superávit financeiro não pode se dar a qualquer custo, principalmente no setor de saúde, em que o fim se volta ao bem-estar e à dignidade da pessoa humana.

Portanto, o compliance na área da saúde tem como objetivo não apenas a prosperidade do negócio em si, mas a consolidação do propósito maior, a fim de criar uma cultura organizacional pautada no ser humano.

Os códigos de ética e de condutas são diferentes

Do mesmo modo que uma pessoa é avaliada por seus atos, as empresas também são avaliadas por sua postura no mercado. Por isso, é importante manter a lisura e as boas práticas na organização.

O código de ética e de conduta é considerado a identidade da empresa, pois nele estão relacionados, de forma clara, os valores, a missão e a visão do negócio. Esse código servirá como bússola, que guiará os colaboradores da empresa para o caminho das práticas éticas e legais na realização de suas atividades.

E, claro, esse é um diferencial que sempre é observado em um bom programa de compliance na área da saúde, pois cada segmento tem condutas específicas a serem criadas e observadas.

Infelizmente, há muita corrupção na área da saúde

Segundo um estudo realizado pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar – IESS, a cada R$100,00 pagos pelos planos de saúde a hospitais, clínicas, laboratórios e médicos, R$15,00 correspondem a algum tipo de fraude.

Ainda, segundo o estudo, R$11 bilhões se referem a fraudes em contas hospitalares e R$9 bilhões a exames.

Como um dos pilares do compliance na área da saúde é desenvolver uma nova cultura na empresa, a própria organização irá promover a homogeneidade de atitudes e comportamentos éticos, até que se crie um ambiente no qual qualquer atitude que destoe daquilo que é ético seja corrigido pelos próprios colaboradores, por meio de canais de denúncia e investigação internas.

Sua empresa tem um programa de compliance na área da saúde?

O compliance na área da saúde se torna fundamental, se você quiser manter a credibilidade da sua empresa diante da sociedade.

Por quê?

Porque, além de te ajudar a consolidar uma forte cultura na empresa, o compliance na área da saúde garante a conformidade com leis e regulamentos, dando mais segurança na gestão e nas relações.

Isso traz muito mais qualidade e segurança aos pacientes.

E a sua empresa, já tem um programa de compliance desenhado especificamente para ela?

Se não, saiba que podemos te ajudar com isso.

É só clicar aqui.



(55) 3511-2553
atendimento@levcompliance.com.br

R. Dr. Francisco Timm, 2755
98781-404 - Timbaúva
Santa Rosa - RS